O mercado da música é desafiador e volátil, principalmente para artistas que estão iniciando suas carreiras. É essencial se manter atualizado sobre novas tecnologias e ferramentas, além de saber explorar diversas fontes de renda para maximizar as chances de sucesso de um projeto artístico.

Neste post, vamos apresentar uma lista com 7 formas de monetizar seu trabalho.

1. Royalties advindos de direitos autorais

São os valores que devem ser pagos por terceiros pela exploração comercial das suas obras e fonogramas. Alguns exemplos são:

  • Direito fonomecânico: referente à exploração comercial de músicas gravadas em suporte material. Exercido pelas editoras musicais e pelas gravadoras; (fonte: ecad.org.br)
  • Direito de execução pública: quando um fonograma é executado em locais/meios públicos como rádio, festivais, casas de show, restaurantes, lojas comerciais, etc.

2. Composição e/ou produção musical para outros artistas

A produção de conteúdo fonográfico para terceiros também é uma excelente fonte de renda. Isso porque são, geralmente, trabalhos para artistas de grande porte, com alta capacidade para gerar royalties, ou artistas que têm poder financeiro para um pagamento adiantado de valor significativo.

3. Shows

No mercado atual, este é o revenue stream que compõe maior parte da receita de um touring artist.

Os shows em casas noturnas ou festivais são muito importantes não só para gerar receita, mas também para aumentar a base de público. Afinal, a cada apresentação é possível atingir novos ouvintes e formar futuros fãs — o que pode resultar em mais contratações no futuro e maior rentabilidade via plataformas de streaming.

No entanto, é importante correr atrás das pessoas certas e definir estrategicamente como o seu trabalho pode se tornar mais relevante ao mercado. Aumentando essa relevância, naturalmente agentes/empresas de vendas (booking) e empresários do mercado (managers) vão se interessar pelo seu projeto.

4. Venda de peças de roupa (merchandise)

Após os shows ou em sua própria loja online, você também pode vender camisetas estampadas com seu logo, bonés e outras peças e acessórios que carreguem sua marca. Além de ajudar a circular seu nome, isso te dará uma fonte a mais de renda.

5. Aulas de música e/ou produção musical

Outra boa fonte de renda para os artistas é compartilhar o seu conhecimento e ensinar outras pessoas. Para essa ação dar certo, a divulgação nas redes sociais ou em sites específicos é um ótimo começo para atrair mais alunos.

Diversos artistas que hoje são famosos também utilizaram esse recurso no início de suas carreiras. Além de ser uma ideia criativa, ajuda a formar novos talentos.

6. Sincronização em filmes, programas e comerciais

É o direito autoral relacionado à autorização do uso da obra ou fonograma a ser sincronizado com uma produção audiovisual.

Conhecendo as pessoas e empresas certas, é possível disponibilizar suas composições para serem usadas em filmes, comerciais e até em programas de TV. Esse trabalho pode ser feito pelas editoras e também por empresas especialistas em sincronização (sync deals).

Além de ter um bom network, é muito importante criar músicas com letras e/ou melodias que transmitam sentimentos e contem uma história.

7. Patrocínios

Sua reputação, relevância, e influência podem ajudar a atrair patrocinadores. Isso porque, quanto mais amplo seu reconhecimento como artista na mídia, maiores serão as marcas que procurarão se vincular a seus trabalhos.

No entanto, é importante estar atento à reputação das empresas interessadas no patrocínio para que sua imagem não seja comprometida ou atrelada a uma marca que não condiz com a visão que você tem para o seu projeto.

Portanto, além dos shows, existem diversas outras formas de monetização de seus trabalhos. Para isso, é importante pensar estrategicamente nas melhores fontes de renda, conforme as sutilezas de cada projeto artístico.

Se achou útil este artigo sobre como ganhar dinheiro com música, compartilhe-o nas redes sociais para que outros artistas também conheçam algumas das alternativas de revenue stream.